O Poder Divino De Cada Um De Nós

– Os ensinamentos de Jesus

– Fé

– Física Quântica

Tenho recentemente pesquisado muito sobre o poder da oração, do poder do pensamento, do que podemos realizar com a força da mente, com a força da fé, da crença. Da possibilidade de transformar a realidade que nos cerca, com aquilo que emanamos pela energia vital, que entendo ser um elo de ligação com o Criador.

Assim sendo, apresento mais um vídeo, com texto redigido com fontes retiradas da internet. Dessa vez, fazendo referência direta ao homem que dividiu a história da humanidade: Jesus Cristo.

Recentemente lancei um vídeo falando de Gregg Braden, com sua teoria de que somos todos energia, e uma reflexão sobre o livro de sua autoria: “ O código Isaías”.
Vídeo este, disponível no YouTube.

Agora buscaremos uma correlação da Física Quântica, com os efeitos produzidos por Jesus Cristo, que disse: “ Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto ao Pai.” (João 14.12)

Claro que a Física Quântica é muito mais profunda em suas teorias e experiências comprovadas, mas, grosso modo podemos dizer que esta se fundamenta na tentativa de explicar a natureza naquilo que ela tem de menor; os constituintes básicos da matéria e tudo que possa ter um tamanho igual ou menor.

Em outras palavras, tudo o que é maior do que um átomo está sujeito as leis da física que chamamos de “física clássica”. Por exemplo, elas sofrem a atração da gravidade, as leis da inércia, ação e reação, e por aí vai. Mas quando analisamos tamanhos menores que um átomo, tudo muda e as regras da física clássica já não valem mais. Foi preciso então admitir que era necessário outras leis para lidar com essa realidade, e também uma física totalmente nova, que ficou conhecida como Física Quântica.

O mundo que vivemos é feito de átomos. Os átomos são feitos de coisas ainda menores chamadas quarks e elétrons. Os átomos, elétrons, quarks, e mais outra coisa tão pequena, que anda não sabemos muito a seus respeito, denominada fóton, têm comportamentos bizarros de vez em quando.

Nunca podemos saber exatamente onde estão. Não é por falta de instrumentos potentes, é uma lei da física, chamada “ Princípio da Incerteza” de Heinsenberg, que diz que nunca saberemos a exata posição das coisas. Nunca saberemos onde os elétrons de um átomo estão exatamente. Nunca. É algo estranhíssimo, mas é a verdade. Há elétrons que, inclusive, somem de um lugar e reaparecem em outro, algo como um teletransporte. Não dá para ver por qual caminho seguiram para ir de um lugar a outro. Só sabemos que eles fazem isso.

A questão da força, que cada um de nós carrega, foi diversas vezes mencionada por Jesus, mostrando que podemos comandar nossos destinos, da forma como planejarmos, evitando que o acaso seja o condutor e o mestre de nossas vidas. Nessa passagem, Ele diz: “ Porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé, como um grão de mostarda, direis a este monte: – passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.” (Matheus 17.20)

Temos o poder de mudar nossa realidade, por pensamentos, palavras e sentimentos. A questão é muito mais complexa do que imaginamos, já que o cérebro consegue distinguir ficção de realidade; imagem criada e imagem real; situação fortemente imaginada ou que realente aconteceu.

Diversos experimentos científicos foram realizados, conectando-se o cérebro de voluntários a computadores e scanners. Foi pedido a esses voluntários, que olhassem determinados objetos. Constatou-se que a visualização ativava determinadas áreas do cérebro. Depois, o pedido foi para que fechassem seus olhos e somente imaginassem os mesmos objetos.

Exatamente as mesmas áreas do cérebro se ativaram, como se estivessem vendo os tais objetos. Então, os cientistas se perguntaram: “quem vê os objetos: os olhos ou o cérebro?”. O que é a realidade? É o que vemos com nosso cérebro ou é o que vemos com nossos olhos? A verdade é que o cérebro não sabe a diferença entre o que vê no ambiente e o que se lembra, pois as mesmas redes neurais são ativadas.

Então, supõem-se que assistindo a filmes violentos, programas policiais e se envolvendo com tudo que têm frequências negativa, acaba-se atraindo tudo isso. O cérebro aceita que tudo aquilo está acontecendo verdadeiramente. A tendência é a fabricação de cortisol, homônimo do estresse, que enfraquece o sistema imunológico, levando a distúrbios emocionais e doenças. Por isso, sintonize sua mente e suas emoções, no melhor.

Criamos a realidade de acordo com a frequência que mais sintonizamos. A frequência errada atrai a energia errada. Por isso surgem as doenças, muitas vezes psicossomáticas.
O cérebro produz substâncias e frequências que geram ondas, podendo afetar a saúde, a realidade e o mundo em que se vive.

“ Tudo é possível àquele que crê!”

Crer: focar sua mente, com os seus pensamentos e sentimentos, em algo. E agir, pois a fé sem obras é morta.

Ninguém deve ser vitima de seus próprios pensamentos, nem dos pensamentos alheios. É possível mudar de direção, mudando pensamentos, emoções vibração e frequência, alterando, assim, a realidade.

Jesus disse: “tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis!” (Mateus 21:22)
O que a ciência hoje está começando a admitir, Jesus já tentava ensinar em Seu tempo: “ai daquele que tem olhos não vê!”

O que muitas religiões chamam de milagre é a energia do pensamento coletivo, quando várias pessoas reunidas com o mesmo objetivo, na mesma frequência de emoções e pensamentos, conseguem atingir o resultado almejado. Muitas vezes esse resultado acontece, do que parecia impossível.

“Onde um ou mais estiverem reunidos em Meu Nome, ali Eu estrei.” (Mateus 18:20)
Alguns denominam esta energia coletiva de egrégora.

“ E tudo que pedirdes em Meu Nome, Eu o farei, para que o meu Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em Meu Nome, Eu a farei!” (João 14:13)

O pensamento, e principalmente as emoções afetam as propriedades da matéria. É isso que a Física Quântica mostra. Esse é o sentido do renascimento e também da Alquimia: a transmutação de sua essência, e, por consequência, da matéria.

Além do poder dos pensamentos, sentimentos, atitudes e palavras, existe o poder do magnetismo, onde se transfere energia através das mãos ou do contato físico.
“ Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou Suas vestes. Porque dizia:  se tão somente tocar nas vestes, sararei.” (Marcos 5: 27)

Fotos Kirlian provam que todo ser vivo tem uma energia, um magnetismo. A imposição de mãos, realizada em muitas religiões, é uma forma de se transferir energia.
É possível magnetizar qualquer objeto com a própria energia. Muitas pessoas fazem isso ao manusear o que chamam de objeto abençoado.

Não é o objeto em si que tem “poder”, mas a energia com que este foi magnetizado. Esta pode ser positiva ou negativa, dependendo de quem tocou o objeto da força de sua mentalização.

Portanto para e pense: qual a energia que está impregnada em seus objetos, seu local de trabalho e, sobretudo, em sua casa?

Comprovou-se que até as moléculas da água mudam de acordo com palavras, pensamentos, sentimentos e até sons musicais.

Especificamente com relação à água, imagine: nossos corpos possuem cerca de 70% de água. O que a vibração de palavras, pensamentos e sons podem fazer com você, ou com outras pessoas? Talvez isso explique o grande poder da oração, e do jejum com água, sugeridos por muitas religiões.

Desintoxicar o corpo e a alma, de dentro para fora, e de fora para  dentro, usando água, orações, alimentação saudável, e se focando na vibração correta. Foi isso que o grande mestre Jesus quis ensinar.

O “Reino dos Céus” está fora, e ao mesmo tempo, dentro de nós, pois todos temos a partícula de Deus, ou somos fragmentos, centelhas divinas. É preciso entender o que Jesus veio nos ensinar, há mais de 2010 anos.

“ Mas quem beber da água que  Eu lhe der nunca mais terá sede. Ao contrário: a água que Eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna” (João 4:14)
“ Se alguém tem sede, venha a Mim e beba. Quem crer em Mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva” ( João 7:37)

Jesus era enfático, e muitas vezes repetia seu discurso, afim de que seus ensinamentos fossem absorvidos e entendidos. Esses ensinamentos queriam mostrar como o uso correto de nossos pensamentos e sentimentos podem nos levar à plenitude, enquanto seres criados por um Deus de Infinita sabedoria, harmonia e amor.

Jesus demonstrava que a CURA para as doenças físicas, e sobretudo as doenças espirituais, está dentro de cada um de nós.

Ao demonstrar que o átomo não é a menor partícula, e que seu núcleo é vazio, a Física Quântica demonstra que existe um algo além, que não podemos enxergar. É isso que os ensinamentos do Mestre Jesus quiseram nos mostrar: que existe outra realidade que não vemos, mas que podemos transformar.

Quando Jesus fala de vida eterna, ensina que a morte não existe, pois a energia não morre. Apenas se desloca, vai para outro espaço e tempo. Nossos entes mais queridos continuam existindo. Todos nós existiremos para sempre!

E para finalizar! Quando as pessoas agradeciam as curas e milagres, atribuindo a Jesus essas coisas incríveis, maravilhosas e inexplicáveis, Ele dizia: sua fé te curou. Notem: SUA FÉ! Ou seja, Jesus tentava dizer, e ninguém entendia que temos o poder dentro de nós mesmos. Talvez assim, fique mais fácil entender, porque somos a imagem e semelhança de Deus.

Fonte: The PAZEHARMONIA